SEU ESPAÇO NA MÍDIA DIGITAL
Nova rotatória da Nossa Senhora de Fátima deve ser liberada no sábado
12/10/2017 - 11h05 em SANTOS

A Prefeitura deve liberar no próximo dia 21 o tráfego na nova rotatória da Avenida Nossa Senhora de Fátima. A nova passagem servirá para reorganizar o fluxo de veículos na confluência com a Jovino de Melo e Francisco Ferreira Canto. O complexo vai redistribuir o trânsito para acesso às avenidas e, consequentemente, à ligação por morro entre as zonas Noroeste e Leste. 

 

Na finalização dos serviços, a pasta de Infraestrutura e Edificações pinta as faixas de travessia de pedestres e divisão das pistas e a ligação com segurança das ciclovias da Jovino e Eleanor Roosevelt. Coloca também os postes para afixação das placas. Já a CET-Santos faz a afixação das placas de trânsito para depois instalar os semáforos.

 

TRÂNSITO

 

        Com a entrega dos pontilhões na Praça Júlio Dantas, haverá maior fluidez do trânsito na Avenida Nossa Senhora de Fátima, pois será eliminado um tempo semafórico. Assim, não haverá mais fila de veículos na via (dois sentidos) aguardando a abertura do sinal para fazer a conversão à esquerda, como ocorre atualmente.  

         O motorista que estiver trafegando na pista sentido São Vicente/Santos e desejar acessar a Av. Jovino de Melo deverá, na altura da Praça Júlio Dantas contornar o pontilhão no sentido anti-horário. Se estiver na pista contrária e pretende ir para a Avenida Francisco Ferreira Canto, fará o mesmo movimento.  
         E, com o novo pontilhão na Av. Eleanor Roosevelt com Rua Francisco Ferreira Canto, veículos vindos de São Vicente (via Avenida Minas Gerais) poderão acessar a primeira via com destino à Nossa Senhora de Fátima ou Jovino de Melo. Dessa forma, será desafogado o pontilhão que fica junto à Rua Gercino Hugo Caparelli.

          Já veículos que descem o morro terão duas opções de acesso: o atual, pelo pontilhão da Rua Gercino Hugo Caparelli ou o pontilhão da Praça Júlio Dantas, com posterior ingresso na Eleanor Roosevelt.

 

ESTRUTURA

 

           O complexo, em sua totalidade, é formado por três pontilhões recém-construídos, com capacidade de 45 toneladas cada: Eleanor Roosevelt x Francisco Ferreira Canto; Francisco Ferreira Canto, proximidades da Hugo Caparelli, e N. Sra. de Fátima, após a Praça Júlio Dantas. Demandou a instalação de novas guias, sarjetas e drenagem.

 

  Abrangeu ainda novas calçadas e muretas dos canais em todo o seu entorno. As intervenções integram a implantação de ciclovias nas avenidas Jovino de Melo (1.550 metros de extensão) e Eleanor Roosevelt (trajeto de 780 metros), investimento de R$ 7,2 milhões, do Departamento de

Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur).

 

COMENTÁRIOS